segunda-feira, 12 de abril de 2021

Auxílio emergencial: beneficiários do Bolsa Família poderão consultar valor do pagamento a partir do dia 14


 
Foto: Reprodução
Beneficiários do Bolsa Família poderão consultar o valor do auxílio emergencial. Este grupo receberá o benefício que for de maior valor: ou do auxílio ou do próprio Bolsa Família. Por enquanto, o beneficiário do programa ainda não tem a informação de qual valor ele receberá, e essa informação só estará disponível a partir do dia 14.

Os beneficiários devem acompanhar a situação do benefício no site do banco. A consulta sobre a aprovação do auxílio também é feita pelo site do Ministério da Cidadania. As parcelas do auxílio emergencial 2021 podem ser de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, a depender da composição familiar do beneficiário. As informações foram dadas em entrevista do presidente da Caixa, Pedro Guimarães, ao programa "Encontro com Fátima Bernardes", da TV Globo.

Para quem é do Bolsa Família e é elegível aos novos pagamentos do auxílio emergencial, o calendário é o mesmo dos pagamentos mensais do governo. Em abril, os depósitos começam no dia 16.

Já para quem é trabalhador informal ou inscrito no CadÚnico, por exemplo, os pagamentos começaram na última terça-feira (dia 6), seguindo um calendário conforme a data de nascimento do beneficiário.

As datas abaixo são destinadas ao pagamento das quatro parcelas para beneficiários que fazem parte do Bolsa Família. As ordens de depósito na conta digital da Caixa e da autorização para o saque em dinheiro, para este grupo, caem sempre no mesmo dia. A data para recebimento vai depender do número final do NIS (Número de Inscrição Social).


Segundo o Ministério da Cidadania, o Governo Federal verifica se o trabalhador cumpre as regras para receber o benefício e se o valor do Bolsa Família é menor do que o auxílio emergencial. Segundo a pasta, essa análise ainda está em processamento.

Não será possível acumular auxílio emergencial e Bolsa Família. Em vez de acumular, o beneficiário ficará com o maior benefício. Ao final do pagamento das quatro parcelas do auxílio, o Bolsa Família voltará a ser pago com o valor anterior.

Com informações do site: Extra - Globo