terça-feira, 23 de março de 2021

Veja se você foi incluso na rodada do Auxílio emergencial que começa em abril


 
Foto: Reprodução
O novo auxílio emergencial será pago a 40,2 milhões de pessoas. Dessa maneira, 28 milhões de antigos beneficiários ficarão de fora dos novos pagamentos. Em 2020, o auxílio contemplou 68,2 milhões de famílias.

Essa diminuição no quantitativo de famílias beneficiadas é devido ao recurso reduzido para financiar o auxílio emergencial. Na PEC (Proposta de Emenda à Constituição) Emergencial o programa foi limitado a R$ 44 bilhões.

No ano passado, segundo a Caixa Econômica Federal, o governo precisou desembolsar R$ 292,9 bilhões. Esse valor foi distribuído aos mais de 68 milhões de pessoas em cinco parcelas de R$ 600 e quatro de R$ 300.

Número de beneficiários do auxílio emergencial

Segundo as informações, 46 milhões de pessoas serão beneficiadas com o pagamento de novas parcelas do auxílio emergencial 2021. Cerca de 20 milhões de famílias, irá receber R$ 150. Essa é a maior parte dos beneficiários, ou seja, 43% dos contemplados irão receber a parcela de menor valor.

Os R$ 150 serão repassados para as famílias compostas por um único membro e quem tem direito a receber a ajuda financeira. Segundo o Dieese, R$ 150 só compra 23% da cesta básica em São Paulo, 29% em Belém e 31% em Salvador.

Já 16,7 milhões de famílias, que são compostas por mais de um integrante, vão receber R$ 250. Com esse valor é possível comprar 39% da cesta básica em São Paulo, 49% em Belém e 52% em Salvador.

A parcela mais alta, de R$ 375, será repassada para o menor grupo, as mulheres chefes de famílias monoparentais. Serão 9,3 milhões de mulheres que terão direito a esse valor e poderão comprar 59% da cesta em São Paulo, 73% em Belém e 78% em Salvador.

Fonte: FDR