quarta-feira, 10 de março de 2021

Paulo Guedes confirma valores do auxílio emergencial para R$ 175, R$ 250 e R$ 375


 
Foto: Reprodução

Na última segunda-feira (08/03), foram confirmados pelo ministro da economia, Paulo Guedes, os valores que serão pagos nesta nova leva do Auxílio Emergencial e que dependerão da situação familiar de cada beneficiário.

De acordo com Guedes, o Ministério da Cidadania será o responsável pela amplitude dos pagamentos, com um valor médio estipulado em R$ 250,00. As parcelas referentes serão:

Mães solteiras – R$ 375,00;
Família formada por casal – R$ 250,00.
Homens que moram sozinhos – R$ 175,00;

Texto base da PEC já foi aprovado

Novamente, famílias monoparentais (no caso, assumidas por mães solteiras) receberão um valor superior aos outros beneficiados pelo programa.
De acordo com Guedes, quem decide a amplitude é o Ministério da Cidadania.

O texto-base da PEC Emergencial que permite o Auxílio Emergencial novamente já foi aprovado pelo Senado Federal, mas com um limite de valor de R$ 44 bilhões para essa nova fase do programa: R$ 256 bilhões a menos em relação ao ano anterior.

É previsto que o governo pague ao menos quatro parcelas e a transferência dos recursos deve começar ainda neste mês. A votação da medida provisória será feita hoje (09/03), na Câmara dos Deputados.

Auxílio será apenas para quem já recebeu anteriormente

Nessa nova fase do Auxílio Emergencial, devem ser contemplados somente os beneficiários que já receberam no ano anterior. Essa regra vale, inclusive, para quem fez a solicitação em 2020 e teve o benefício negado.

O Ministério da Economia avalia que já existe um número muito grande de beneficiários do Auxílio Emergencial e que foi necessário redefinir os critérios para que os pagamentos sejam realizados a quem já recebia o benefício anteriormente.

Com informações do site:  seucreditodigital