domingo, 21 de março de 2021

Nubank ou PicPay: Qual rende mais depois da mudança no rendimento automático?


 
Foto: Reprodução
Foi encerrada a campanha promocional do PicPay que oferecia rendimento automático de 210% do CDI. O prazo já havia sido prorrogado algumas vezes e, na última quinta-feira (18/03), o rendimento passou para 150%. Antes da campanha de 210%, o PicPay oferecia um rendimento equivalente a 100% do CDI. 

Mesmo com o fim da promoção e a queda do rendimento do CDI, a taxa ainda continua maior do que a do Nubank, que oferece 100%. O Nubank, entretanto, ainda rende mais do que a poupança regular.
No site do PicPay é possível conferir maiores detalhes sobre a mudança. 

De acordo com informações da fintech, o novo valor é válido até 05/05, mas pode estar sujeito a prorrogação após término do prazo. A mudança ocorreu juntamente ao aumento na taxa Selic, que foi de 2% para 2,75% para desacelerar a economia, no intuito de frear a inflação. 

PicPay não é protegido pelo Fundo Garantidor de Crédito
Entretanto, antes de começar a aplicar o seu dinheiro, é importante ressaltar que tem algumas diferenças entre a conta do Nubank e o PicPay. Diferente do Nubank, o dinheiro acumulado no PicPay não é protegido pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), entidade privada que cobre valores de até R$ 250 mil caso o cliente tenha problemas com determinadas instituições financeiras. 

A garantia da fintech é em forma de títulos públicos federais, como explicado pela própria instituição. Em vista de cumprir deveres regulatórios, o valor disponível em carteira é investido nos títulos do governo citados. 

Logo, todo o valor que o cliente possuir em carteira, até o dia em que ele decida utilizar ou sacar, é separado do patrimônio do PicPay, o que garante que o usuário tenha autonomia sobre sua própria renda. 

Com informações do site: seucréditodigital