terça-feira, 16 de março de 2021

Google abre vagas de estágio para trabalho home office; inscreva-se


 
Foto: Reprodução

A área de tecnologia do Google no Brasil está com vagas de estágio abertas para estudantes de todo o país. O programa de estágio da empresa será realizado totalmente remoto, pela primeira vez.

Apesar do escritório de Engenharia do Google na América Latina esteja localizado em Belo Horizonte, não haverá limite geográfico para os candidatos. 

De acordo com Yale Soares, que é especialista em recrutamento do Google no Brasil, o programa conta com uma oportunidade para os universitários e universitárias que não residem na cidade.

“Com o trabalho remoto, muitos estudantes podem seguir seu curso de graduação em seus Estados e participar do nosso programa de estágio.
Para nós, essa é uma chance de receber talentos de todas as regiões do país que contribuam para que os produtos e serviços do Google sejam ainda mais representativos”, explica.

As vagas oferecidas de estágio são de engenharia de software, a especialidade do centro de tecnologia no Brasil, que trabalha diretamente no desenvolvimento de produtos essenciais do Google, como a Busca.

Os candidatos devem ter algumas habilidades como domínio do inglês e estudar ciência da computação ou áreas correlatas. 

Além disso, a previsão de graduação deve ser entre dezembro de 2021 e julho de 2022.

A vaga pede ainda que o candidato possua experiência em ao menos uma das seguintes linguagens de programação: C, C++, Java, JavaScript ou Python.

Já de competências técnicas é necessário pessoas capazes de resolver problemas, com boa comunicação e bom trabalho em equipe.

O Google vai realizar eventos online para ajudar no processo nos dias 18 e 25 de março neste canal. As inscrições ficam abertas até o dia 26 de março pelo site do Google.

Vagas de emprego em TI

A área de TI é uma das que mais está crescendo, principalmente após a pandemia causada pelo novo coronavírus.

O investimento nessa área é bom para os negócios que pretendem continuar competitivos e inovadores para o mercado.

Os dados apontam a força do TI, é que em 2017, mesmo diante a um período de recessão, os investimentos nessa área cresceram 4,5% no Brasil.


Com informações do site:  fdr - JHENIFFER FREITAS