terça-feira, 23 de março de 2021

Concurso FUNAI: órgão reforça pedido para novo edital; 826 vagas


 
Foto: Reprodução
Em abril de 2020, a Fundação Nacional do Índio (FUNAI) já havia encaminhado um pedido para o seu novo concurso público e, até então, ainda aguarda o parecer do Ministério da Economia. A meta inicial era de preencher 826 novas vagas para níveis médio e superior. No entanto, a FUNAI acabou reiterando o pedido para que o certame possa ser realizado mesmo se houver uma oferta reduzida de oportunidades.

“A fundação informa que houve reiteração do pedido ao Ministério da Economia, e, caso não seja possível a autorização da integralidade das vagas requeridas, a fundação solicitou a autorização para realização de concurso público a fim de recompor vacâncias nos termos do art. 8º, inciso V da Lei Complementar nº 173/2020, com 69 vagas de nível intermediário e 158 de nível superior”, explicou a assessoria da FUNAI para a equipe do Concursos no Brasil.

Vale ressaltar que, em ocasiões anteriores, o presidente da FUNAI havia mencionado que o concurso também deverá contemplar reserva de vagas para os candidatos indígenas. “A FUNAI procura diálogo com diversos setores da sociedade. A busca por melhores condições de vida não significa perda de identidade étnica. O indígena continua sendo índio ainda que procure melhores condições”, afirmou durante entrevista para a TV Brasil.

Déficit no quadro de servidores da FUNAI
Atualmente, a FUNAI trabalha com menos da metade de seu quadro de efetivos. Aproximadamente duas mil vagas estão desocupadas e, por essa razão, o órgão indigenista vem enfrentando problemas com déficit de servidores públicas. Caso o concurso FUNAI seja aprovado pela pasta da Economia, as vagas serão distribuídas entre:

Unidades descentralizadas;
Museu do Índio;
Frentes de Proteção Etnoambiental; e
Sede do órgão indigenista.

“A Fundação Nacional do índio (FUNAI) informa que não há qualquer manifestação quanto à autorização do concurso público até o momento. O Ministério da Economia informou que a demanda foi recepcionada em conjunto com todas as demais encaminhadas pelos órgãos que compõem o Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal (...)”, complementou a assessoria da FUNAI.

Concurso FUNAI: cargos solicitados e remunerações
Conforme o pedido inicial, o concurso FUNAI poderá contemplar o total de 826 vagas imediatas para profissionais de níveis médio e superior. Isso se a solicitação do certame for aprovada de maneira integral pelo Ministério da Economia. Confira, abaixo, as oportunidades que poderão ser disponibilizadas no concurso FUNAI:

Nível médio, com iniciais a partir de R$ 5.482,07: Agente em Indigenismo;
Nível superior, com iniciais de R$ 6.693,87: Administrador, Antropólogo, Arquiteto, Arquivista, Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Economista, Engenheiro, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Florestal, Estatístico, Geógrafo, Indigenista Especializado, Pesquisador, Psicólogo, Sociólogo, Técnico em Assuntos Educacionais, Técnico em Comunicação Social e Zootecnista;
Nível superior, com iniciais a partir de R$ 6.135,87: Médico Veterinário.


Com informações do site: Concursos No Brasil