segunda-feira, 29 de março de 2021

Como montar uma loja virtual com pouco investimento


 
Foto: Reprodução
Investir no próprio negócio tem sido a opção para muitos brasileiros que sofreram com a crise ou que decidiram viver o sonho de empreender e ser seus próprios patrões. Para quem não tem muito dinheiro neste começo, não precisa se preocupar, porque é possível montar uma loja virtual com pouco investimento.

Investir em um negócio online pode acontecer de várias maneiras. Uma das formas é trabalhando como afiliado. Isso significa que você venderá produtos de terceiros e será remunerado pelas vendas feitas. Outra forma de conseguir montar um negócio online é desapegado de coisas ou mesmo vendendo produtos produzidos por você em algum site, como o Mercado Livre.

Outra plataforma que oferece uma oportunidade de negócio é a Magazine Você, da Magazine Luiza. Nessa plataforma é possível criar sua própria lojinha de produtos do site e é comissionado pela venda desses itens.

Se nenhuma dessas opções te agradar, montar uma loja virtual e vender seus próprios produtos é uma opção. E não, você não precisa de um alto investimento para abrir esse negócio.

Quem garante é Alfredo Soares, head da Loja Integrada, empresa que faz parte da VTEX, e é considerada uma das maiores plataformas gratuitas da América Latina. O empreendedor falou ao FinanceOne sobre como abrir uma loja virtual e como funciona esse segmento.

Como montar uma loja virtual com pouco investimento
Para Alfredo Soares, é possível sim montar uma loja virtual com pouco investimento. E dinheiro não é o único fator que deve ser levado em conta na hora de decidir por esse negócio.
“Com muito ou pouco dinheiro, vai ser preciso trabalho e dedicação. Para criar um negócio de sucesso hoje é fundamental agregar parceiros certos, boas equipes e ferramentas que ajudem na jornada empreendedora”, diz.

Uma dica do executivo é fazer. Não ficar apenas na ideia e planejando algo perfeito para ser lançado. Começar e aos poucos aperfeiçoar o serviço é o que ele recomenda.

“Minha dica é que na internet não existe perfeito, existe o feito. Então comece aos poucos e vá melhorando seu negócio de acordo com as necessidades do seu público/ cliente. Escute seu cliente ele é seu maior ativo. Seja criativo e aposte seu tempo nas coisas mais importantes nesse início.”

Decisão tomada, você precisa encontrar um nicho de mercado. Algo que você tenha afinidade já é um bom primeiro passo.
Mas, a dica de Alfredo Soares é pensar além e descobrir o que o provável consumidor precisa. E só então partir para o desenvolvimento de um produto.

“Hoje em dia a maioria dos negócios bem sucedidos não começam pelo produto ou serviço, eles nascem de um problema”.

“O foco hoje está no público. Acredito que um nicho pode ser algo que você vai segmentando em alguns níveis. A minha dica é: encontre seu nicho e cative esse seu cliente para que ele seja fidelizado”, pontua o head da Loja Integrada.

O que é preciso para ter uma loja virtual
Sua decisão de abrir uma loja virtual foi tomada. Você já pensou em problemas e dores que precisam ser resolvidos e criou um produto.
E agora? Como colocar em prática esse projeto de negócio online e, principalmente, como fazer esse negócio ir para frente?

“Uma dica que sempre dou é: ‘cuidado para não querer vender na internet’. O lojista precisa ‘usar a internet para vender’. As pessoas acham que é fácil ou existem fórmulas para vender, mas, na verdade, dá trabalho como qualquer outro negócio”, alerta Alfredo Soares.

Assim, se abrir um negócio digital achando que vai ser moleza e não precisará de muita dedicação, você estará indo pelo caminho errado. É preciso ter foco e dedicação ao negócio, assim como se fosse um presencial.

O executivo da Loja Integrada alerta que, hoje, acredita-se muito que tudo é automatizado. Ele alerta, porém, que mesmo um e-commerce precisa ter uma rotina de trabalho para dar certo.

“Então acredito que chamaria atenção para criação da sua marca, definição do seu mercado, não se vende tudo nem para todo mundo, precificação é algo fundamental para manter um negócio lucrativo. Por último, tenha um plano de ação com um time para executá-lo. Não pense em ter uma loja online. Monte um negócio digital.”

Um dos benefícios da loja virtual é atuar com um negócio multicanal, sem ficar preso apenas aos clientes que passam pela sua loja física. O negócio online permite ter uma maior flexibilização, inclusive com equipes atuando por trabalho remoto, de qualquer lugar do mundo.

“Na loja online, além de ter essa flexibilidade de atuação, você usa sua verba para atrair o público qualificado até sua loja, no físico você tenta qualificar o público que vai até sua loja”, explica Soares.

E você, pensa em abrir uma loja virtual? Então continue navegando em nosso site e leia agora mesmo: veja o passo a passo para criar uma loja online.

Com informações do site: Financeone