quarta-feira, 3 de março de 2021

Como cancelar o pagamento de um boleto


 
Foto: Reprodução
No banco ou em casa. Pagar um boleto leva pouco tempo, porém, nem sempre dá alívio por se livrar de uma dívida. Isso porque é comum acontecerem erros na hora ou após concluir este procedimento rotineiro.

Segundo relatórios da Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), bilhões de boletos são emitidos todo ano pelas instituições financeiras. Logo, mais da metade da população ativa (75%) recorre a esta forma de pagamento.

Atualmente existem 3 tipos: boleto de proposta, boleto de cobrança e boleto de depósito. Mas vamos focar hoje, no segundo.

Boleto de cobrança: o que saber
Quando um consumidor recebe o boleto em sua casa ou gere o código de barras, ele está acessando um recurso de cobrança daquilo que foi adquirido.

Independente do serviço ou produto, o comprador faz um acordo obrigatório com o vendedor: o de pagar.
 
Em um boleto de cobrança, ficam envolvidas as partes:
Pagador: efetua o pagamento do serviço ou produto;

Beneficiário: pessoa ou instituição que emite a cobrança e recebe a quantia descrita no documento (é, na verdade, o credor da cobrança);

Beneficiário final: termo considerado novo, que regula as empresas; para casos em que o contrato envolve terceiros que vendeu o produto e receberá o pagamento ou parte dele.

 
Ao receber o documento, o pagador encontrará ainda: Local de pagamento/banco (receberá o valor a ser creditado na conta do beneficiário); Nosso número (código identificador da emissão); data de vencimento e o valor.

Erro no pagamento do boleto: como proceder
Com tais especificações claras, ainda podem surgir erros aparentes nos boletos e sobretudo, no pagamento. 

Seja por falhas no software que produziu o documento ou na hora de quitar a cobrança, alguns problemas acabam atrapalhando a vida do pagador.

 
Erros no boleto mais comuns:
No código de barras: espaçamento das barras incomum ou  maior do que o de costume.
Na descrição do boleto: erros de português, impressão errada ou visual manchado não são grandes problemas, mas, em todo caso, é válido checar com o banco.
Nos dados do pagador e do beneficiário: verifique se todas as informações do boleto estão corretas. Caso o contrário, cobre uma correção de quem o emitiu.
Erros no pagamento:
Pagou o boleto errado: acontece de o pagador confundir o documento destinado para certa data.
Cobrança indevida: receber um boleto no nome da pessoa cobrando custos que não existem.
Negociação ou parcelamento: quando houve um acordo sobre descontos e parcelas entre as partes, mas que não consta no documento. 
 
Frequentemente, um pagamento errado gera dor de cabeça. Mas, se visto a tempo, pode ser cancelado.

Cancelar pagamento de boleto: como fazer
O cancelamento é feito no mesmo serviço de pagamento. Portanto, é, a princípio, um procedimento simples. 

Geralmente, a partir de um acesso na conta bancária ou no sistema do banco, o consumidor consegue acompanhar seu status (se o banco recebeu o que pagou, se está processando ou agendado).

 
Caso o banco ainda esteja analisando o pagamento, o próximo passo é entrar em contato com o órgão emissor.

Se estiver agendado, o usuário da conta digital cancela por lá mesmo, entrando pelo aplicativo de celular.

Já em uma situação de boleto pago, o certo a ser feito é conferir o que diz as normas da instituição sobre isto.

De todo modo, o pagador deverá seguir estes passos:
 
Entrar em contato com a empresa emissora e pontuar as razões do cancelamento. 
Contatar o banco que recebeu o pagamento para se informar quanto a possibilidade de cancelar. Provavelmente, um acordo será feito.
Cancelar o pagamento agendado direto no aplicativo ou internet banking (site).
Comunicar ao beneficiário, se ocorrer duplicidade de boletos pagos. Ele próprio poderá notar o ocorrido e devolver a quantia paga na segunda vez.
Por fim, se a pessoa receber a cobrança indevida – de um valor já pago, por exemplo – o contato com o responsável deve ser feito de imediato. Assim, o direito do consumidor ajudará na solução do transtorno.

Com informações do site: seucreditodigital