domingo, 28 de fevereiro de 2021

Programa Emergencial; Governo Federal vai pagar bolsa-auxílio de R$ 450 para desempregados; Veja quem pode receber


 
Foto: Reprodução

Durante coletiva de imprensa ocorrida na última segunda-feira, 22, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou o pagamento de um ‘auxílio emergencial‘ no valor de R$ 450 para a população desempregada do estado que sofre com os impactos da pandemia de coronavírus.

 


A ideia é oferecer 100 mil bolsas de qualificação profissional para cidadãos paulistanos que se encontram sem perspectivas de renda e crescimento em meio à crise. A proposta foi divida em dois projetos: o programa Bolsa-Trabalho e o programa Via Rápida.



Veja os detalhes a seguir!



Programa Bolsa-Trabalho

Será encaminhado à Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) a proposta que reformula o programa Frente de Trabalho. Criado em 1999, o projeto é voltado para a qualificação profissional ao passo que proporciona mais renda aos cidadãos sem trabalho fixo que residem no território paulista. Ao todo, a modalidade contemplará 70 mil inscritos.



Dentre as mudanças no programa, destacam-se o aumento no valor pago mensalmente, que passará de R$ 330 para R$ 450, a possibilidade de qualificação online em laboratórios com computadores disponibilizados pelos órgãos públicos, além da inclusão de novos postos de trabalho para mães e pais nas escolas, com o objetivo de garantir mais apoio às famílias durante o processo de retomada as aulas.



A previsão é de que os cursos sejam ministrados pelo Centro Paula Souza e Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) e tenham duração mínima de 60 horas.



Programa Via Rápida

Voltado para estudantes desempregados maiores de 16 anos, o programa Via Rápida vai oferecer a partir do dia 1º de março mais de 30 mil vagas para cursos de qualificação e pagamento de bolsa-auxílio no valor de R$ 210. O recurso será pago em parcela única como forma de custear as despesas do aluno com transporte e alimentação.



Ao todo, serão ofertados cursos presenciais e remotos em 10 áreas profissionais. Os alunos poderão escolher aquela que mais se encaixa com seu perfil. Eles também deverão optar entre as aulas presenciais, oferecidas numa das 29 unidades móveis ou espaços oferecidos pelo Centro Paula Souza, Senac e municípios, ou virtuais, que serão transmitidas em tempo real pelas plataformas Google Meet ou Microsoft Teams.



Dentre os cursos de capacitação oferecidos pelo programa, destacam-se: Marketing digital para Redes Sociais e Comércio Eletrônico, Programação de Sistemas, Operador de Caixa, Técnicas de Vendas, Almoxarife e Estoquista, Assistente Administrativo, Recepção e Atendimento em Hospitalidade, Publicidade digital, etc. Para saber mais, acesse o site www.cursosviarapida.sp.gov.br.




Com informações do site:  redebrasilnews