quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Cervejaria oferece auxílio para vendedor ambulante; veja o valor e como se cadastrar


Foto: Reprodução

A Cervejaria Ambev, dona de muitas das marcas de cerveja mais vendidas no Carnaval, como Skol e Brahma, vai liberar um auxílio de até R$255,00 para os ambulantes que ficarão sem trabalho nas festividades deste ano por causa da suspensão das festas de rua na pandemia.

Especula-se que em torno de 20 mil trabalhadores sejam beneficiados em todos os estados do país, segundo informações da empresa.
Um site foi criado (Ajude um Ambulante) com o objetivo de distribuir os recursos por partes.

O auxílio de R$255

Ainda segundo as informações divulgadas, os trabalhadores receberão o valor de R$ 150 logo após realizarem o cadastro comprovando que foram ambulantes oficiais nos últimos eventos de Carnaval.
Os outros R$ 100 serão doados pela Ambev em até 20 parcelas de R$ 5, cada vez que um cliente do aplicativo de entrega de bebidas Zé Delivery fizer uma compra de cerveja da fabricante com um cupom do programa a ser distribuído pelos próprios ambulantes.

Além disso, os vendedores receberão mais R$ 5 caso façam um curso obre consumo responsável de álcool no site. Dessa forma, o valor total pode chegar a até R$255.

Além disso, a suspensão das festas de Carnaval em 2021 fez com que a Ambev liberasse 5.000 caixas térmicas que seriam usadas pelos ambulantes para os postos de saúde transportarem vacinas da Covid.

Sobre a Ambev

A Ambev nasceu, em 1999, da união entre as centenárias Cervejaria Brahma e Companhia Antarctica. Mas a nossa história começou muito antes, quando ainda éramos duas cervejarias na década de 1880: a Companhia Antarctica Paulista e a Manufactura de Cerveja Brahma & Villeger & Companhia.

Desde então, em mais de um século, passa por incontáveis momentos juntos: as celebrações mais incríveis, os shows dos seus sonhos, o jogo de futebol inesquecível. 

Hoje, são mais de 100 rótulos. O seu compromisso é celebrar com você para continuar presente nos momentos mais especiais, compartilhando todas as conquistas pelos próximos cem anos.

Com informações do site:  investircorreto