terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Auxílio emergencial deve voltar com novo nome: BIP – Bônus de Inclusão Produtiva


 
Foto: Reprodução

Nos próximos dias o governo federal poderá dar a notícia que é tão aguardada por pessoas do país inteiro, pois diz respeito ao retorno do auxílio emergencial, só que o benefício deverá passar por uma série de mudanças e até mudar de novo.

Apesar de nada ter sido definido até o momento, acredita-se que serão três parcelas no valor de R$ 200 cada uma e desta vez o benefício seria para um número menor de beneficiários, ajudando principalmente os trabalhadores informais que não estão cadastrados no Bolsa Família.

Para muitos esta é uma importante notícia, mas para outros é uma grande decepção, pois é grande o número de pessoas que esperavam a volta do auxílio emergencial nos moldes de 2020, o que é quase certo que não acontecerá.
 
A equipe econômica do presidente Jair Bolsonaro vem estudando formas de restringir o pagamento do benefício esse ano, sendo que para isso uma das alternativas seria aumentar os requisitos para aqueles que se interessarem em participar do programa.

Outra mudança diz respeito à mudança de nome do benefício, que não se chamaria mais auxílio emergencial, mas BIP – Bônus de Inclusão Produtiva. A meta agora seria atender as pessoas que o governo considera ‘invisíveis’, ou seja, aquelas que não estão recebendo o Bolsa Família e que também não estão trabalhando.

Essa semana poderá ter novidades no que diz respeito à volta do benefício e quem espera por essa ajuda já começa a fazer os cálculos para saber se terá chance de ser um dos beneficiados desta vez ou se acabarão ficando de fora.

Com informações do site:  i7news - Russel