quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021

Auxílio Emergencial de R$ 5 mil por mês, ‘ninguém trabalha mais’, ironiza Jair Bolsonaro


 
Foto: Reprodução
Jair Bolsonaro voltou a falar sobre a suposta volta do auxílio emergencial em 2021, mas acabou ironizando essa possibilidade, já que o presidente afirmou anteriormente que isso é praticamente impossível porque aumentaria o endividamento do país, entre outros problemas que seriam causados.

Durante uma conversa com apoiadores ao sair do Palácio da Alvorada, Bolsonaro ouviu um dos simpatizantes dizendo que foi graças ao auxílio emergencial que o presidente conseguiu barrar a queda em sua popularidade e viu os números dispararem novamente, o que beneficiará o presidente nas próximas eleições.

Ao ouvir esta afirmação de seu apoiador, Bolsonaro fez questão de parar e rebater, dizendo com ironia que com auxílio emergencial de R$ 5 mil por mês, ninguém mais sai para trabalhar.

“Qual país do mundo fez auxílio emergencial? Parecido foi nos Estados Unidos. Aqui alguns querem torná-lo definitivo. Vamos pagar para todo mundo R$ 5 mil por mês, ninguém trabalha mais, fica em casa“, ironizou Jair Bolsonaro.

O presidente aproveitou para criticar mais uma vez os prefeitos e governadores que estão determinando o fechamento do comércio em várias regiões do país. Essa decisão é tomada como forma de combater o avanço da pandemia, mas Bolsonaro discorda e esta não foi a primeira vez que ele deixou isso claro.

As críticas são voltadas inclusive para o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, que vem mantendo o comércio fechado na capital mineira para tentar reduzir o número de infectados pelo coronavírus diariamente.

Com informações do site: I7News