quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

Atenção! Beneficiários do Bolsa Família poderá solicitar empréstimo que garante até R$15 MIL para participantes do Progredir; VEJA


 
Foto: Reprodução
Podem participar do Programa Progresso os brasileiros que estão inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) para receber programas sociais do governo federal e beneficiários do programa de transferência de renda, o Bolsa Família.

O programa promove a autonomia, assim como a geração de emprego e renda para as famílias que mais precisam.

De acordo com o programa, há a possibilidade de microempreendedores de baixa renda obterem crédito com condições especiais de promoção e desenvolvimento de negócios.

O programa liberou um orçamento de R$ 4 bilhões para operações de microcrédito para esse grupo, no qual o limite para os cidadãos poderia chegar a até R$ 15 mil.

Plano Progredir

O programa é um plano que oferece qualificação profissional, bem como apoio ao empreendedorismo e redirecionamento para o mercado de trabalho, na contribuição e fortalecimento das capacidades individuais de cada pessoa.

Segundo a Secretaria de Inclusão Social e Produtiva do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) que está por trás, na coordenação do programa e conta com a parceria de diversas empresas públicas e privadas.

Quais são as áreas de especialização?

Intermediação trabalhista
São oferecidas ferramentas para a elaboração de currículos, identificação do perfil dos candidatos; verificar perfis de candidatos a emprego e vagas de emprego fornecidas por empresas parceiras e referências ao mercado de trabalho.

Qualificação profissional
Cerca de 1 milhão de vagas são oferecidas em cursos de voluntariado o Pronatec, as ferramentas online utilizadas para encontrar centros técnicos de carreira para apoiar o acesso a cursos de formação profissional, oficinas de educação financeira para cerca de 100 mil famílias, linha de ferramentas online local do telecentro de apoio ao acesso a cursos de integração digital.

Empreendedorismo
Essas medidas são utilizadas para fornecer 3 bilhões de reais de microcrédito às famílias cadastradas no cadastro único para que sejam investidas em pequenas empresas e que ofereçam assistência técnica e inclusão financeira aos trabalhadores.

Microcrédito
Destina-se aos inscritos no programa Bolsa Família, voltado para atender cidadãos em situação de vulnerabilidade e que não obtiveram a aprovação dos serviços de outras formas.

Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Social, cerca de 1,5 milhão de pessoas podem se beneficiar da medida.

(Empréstimo Bolsa Família Progredir)

Com informações do site: redebrasilnews