sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

5 profissões em alta para 2021, siga essas dicas e saia na frente


 
Foto: Reprodução
O ano está se aproximando do fim e com ele começam as expectativas para saber quais são as profissões em alta para 2021, principalmente em um cenário pós-pandemia? Alguns dos cargos que estarão em alta são o de finanças e contabilidade, engenharias, jurídico, vendas e marketing.

Além desses também estão incluídas na lista as áreas de seguros, mercado financeiro, recursos humanos e tecnologia. Os salários dessas profissões podem variar de R$2.200, para analista de satisfação do cliente a R$74,5 mil para diretor financeiro.

As informações são do levantamento realizado pela consultoria de recrutamento e seleção Robert Half. O estudo também mostra que os principais setores em alta serão: saúde, tecnologia, agronegócio, infraestrutura e logística. Entre as habilidades técnicas e comportamentais mais buscadas estão pensamento estratégico, comunicação, agilidade, adaptabilidade e inovação.

Ficou curioso e quer saber quais são as profissões em alta em 2021 para você investir?

Conheça as 5 profissões em alta para 2021

1) Finanças e contabilidade
Nas áreas de finanças e contabilidade, os cargos em destaques são:

-> Tesouraria: os salários variam de R$7.600 a R$16.850 para coordenador e de R$11 mil a R$35 mil para gerente.

-> Contabilidade/Fiscal: de R$5.000 a R$11 mil para o cargo de analista e R$8.000 a R$17 mil para coordenador.

-> Fusão e aquisição: de R$14.250 a R$45 mil para gerente.

-> Controles internos: de R$5.250 a R$16,2 mil para coordenador.

-> Planejamento financeiro/controladoria: de R$6.000 a R$12 mil para analista sênior e de R$8.200 a R$15,5 mil para coordenador. 

2) Engenharias
Para esta área, a pesquisa destaca o crescimento de quatro novas carreiras, sendo elas: piloto de drone, engenheiro de georreferenciamento, engenheiro de dados e engenheiro de inovação.

Além dessas, estão em destaque:

-> Comprador: com salários de R$3.500 a R$15.650.

-> Engenheiro de aplicação: de R$3.900 a R$17,6 mil.

-> Gerente de supply chain: cargo para cadeias de suprimentos, com salário de R$15,5 mil a R$48,5 mil.

-> Gerente de projetos: de R$13.150 a R$43.060.

3) Jurídico 
Na área Jurídica, o destaque fica por conta de duas novas carreiras, sendo elas Diretor de Proteção de Dados, ou DPO, que significa data protection officer, além do especialista de dados jurídicos.

Além dessas, também se destacam os seguintes:

-> Generalista de empresa: com salários de R$11.950 a R$32,8 mil.

-> Advogado contencioso cível sênior: de R$9.050 a R$21.850.

-> Advogado consultivo trabalhista sênior: de R$9.050 a R$21,4 mil.

-> Advogado consultivo tributário sênior: de R$7.750 a R$15.950.

-> Advogado contratual sênior: de R$11.150 a R$26 mil.

4) Vendas e Marketing
Neste segmento, as novidades são os cargos mais internos, que se destacam em meio a um cenário de pandemia que o home office ganhou força.

O Marketing é uma das profissões em alta para 2021
Duas carreiras tiveram crescimento, sendo elas business intelligence/CRM e marketing digital, em geral.

-> Head of growth (nome de um cargo dentro de Marketing Digital): salário de R$13 mil a R$42 mil.

-> CX (analista de experiência do cliente): de R$2.200 a R$8.900.

-> Executivo de vendas: de R$5.550 a R$25,2 mil.

-> Gerente comercial: de R$6.950 a R$25,2 mil (regional) e de R$10.350 a R$42.050 (nacional).

-> Gerente de e-commerce: de R$8.300 a R$30.250. 

5) Mercado Financeiro
O mercado financeiro, mais uma vez, vai começar um novo ano com carreiras entre as profissões em alta. E os salários estão cada vez mais atrativos.

Destacam-se com crescimento as carreiras de DPO e analista de compliance LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais).

-> Fusões e aquisições: salário de R$11,7 mil a R$21 mil (analista) e de R$17,3 mil a R$31 mil (associado).

–> Crédito/reestruturação de dívidas: de R$11.050 a R$19.750 (analista).

-> Finanças: de R$8.100 a R$14.550 (analista), de R$17.650 a R$31,6 mil (gerente) e de R$ 44,3 mil a R$ 74,5 mil (CFO; do inglês, “chief financial officer” ou diretor financeiro).

-> Riscos/compliance/auditoria: de R$19,1 mil a R$34,2 mil (gerente) e de R$23 mil a R$41.150 (diretor).

-> Analista de back office: de R$7.900 a R$14,2 mil.

Com informações do site: FinanceOne