domingo, 3 de janeiro de 2021

Concurso PF: diretora afirma provas no mesmo dia e descarta Inglês


 

Como já antecipado, a corporação trabalha para publicar o novo edital para Polícia Federal neste mês de janeiro e essa informação foi mais uma vez reforçada pela diretora de Gestão de Pessoal da PF, delegada Cecília Silva Franco.

Em entrevista ao site Metrópoles, a diretora também reafirmou a intenção da corporação de realizar o concurso de forma mais ágil e, com isso, reduzir o prazo de aplicação de provas para dois meses.

No dia 30 de dezembro, a PF já havia publicado em sua conta oficial do Twitter que, se autorizada, pretende aplicar provas em março.
A diretora informou que, até o momento, não obteve resposta formal quanto a esse pedido, no entanto, já há uma sinalização positiva do Ministério da Economia quanto a demanda.

Caminhando cada vez mais para confirmar as provas em março, uma nova informação foi revelada pela delegada Cecília Silva Franco. De acordo com ela, as provas do concurso da Polícia Federal para todos os cargos devem ocorrer no mesmo dia.

Ao Metrópoles, ela teria afirmado que:

"Abrir para mais opções é sempre um prejuízo muito grande – inclusive na formação dos candidatos, há recurso empregado na manutenção de cada um na academia. Como muitas pessoas fazem mais de um curso e precisam, ao final, optar por um cargo, não conseguimos preencher as vagas do concurso. Gera prejuízo tanto para a instituição quanto para outros candidatos.”

Com isso, os candidatos deverão ter que optar por apenas uma carreira na hora da inscrição. Ao todo, o concurso PF tem autorizadas 1.500 vagas, distribuídas entre os cargos de:


agente de polícia - 893 vagas
delegado de polícia - 123 vagas
escrivão de polícia - 400 vagas; e
papiloscopista policial federal - 84 vagas.
As carreiras exigem nível superior em qualquer área, com exceção do delegado, que precisa de curso superior na área de Direito. Também será obrigatório para todos os candidatos a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B ou superior.

A diretora também reafirmou a intenção de chamada de 2 mil policiais. Já que, além das 1.500 vagas autorizadas, estão previstas mais 500 contando com os excedentes. O concurso PF 2021 será um dos maiores já realizados pela corporação.

Provas do concurso PF não terão inclusão de Inglês 
Com a elaboração do novo edital para a Polícia Federal e de olho nas atualizações e demandas da corporação, a inclusão da disciplina Inglês vem sendo tema recorrente.

Sobre este tópico a diretora de gestão trouxe um alívio para muitos candidatos. De acordo com ela, neste concurso não serão cobradas questões sobre Língua Inglesa. 


“O formato e nível que chegamos é o que consideramos adequado para as necessidades da instituição. Com relação à inclusão de inglês no edital, não há qualquer possibilidade de ocorrer. Estamos, inclusive, com um projeto em tramitação para fornecer curso de inglês aos nossos servidores. Com relação à legislação, já está previsto no contrato que é obrigação da banca atualizar o conteúdo, de acordo com a lei vigente”, disse na entrevista.

Conforme a delegada, o novo edital não deve trazer surpresas. Por isso, os futuros servidores já podem esperar a mesma base aplicada no concurso PF 2018.

Etapas do concurso PF 2021
As etapas já tradicionais do concurso PF devem se repetir em 2021, sendo elas as provas objetiva e discursiva, Teste de Aptidão Física (TAF), avaliação psicológica, exames médicos, prova oral e títulos para delegado, e prova de digitação para escrivão.

Sobre o TAF, a diretora de gestão afirmou que manterá a prova de natação. A justificativa é que é uma aptidão necessária aos policiais federais. Mas, ela revelou que há sim revisão sobre os detalhes de algumas etapas e que este processo ainda não está concluído.

Depois de aprovado em todas as fases, os candidatos devem passar ainda pelo curso de formação.

Resumo concurso PF 
Órgão: Polícia Federal
Vagas: 1.500
Cargos: escrivão, papiloscopista, delegado, agente
Escolaridade: nível superior
Status: edital iminente
Banca: Cebraspe
Polícia Federal confirma Cebraspe como banca organizadora
A banca que ficará responsável pelo concurso da PF em 2021 já está escolhida e será o Cebraspe. A organizadora também foi a responsável pelo último concurso, realizado em 2018, e já figurava entre as favoritas para, mais uma vez, ficar a frente da seleção. 

A escolha pela PF como banca organizadora foi anunciada na terça-feira, 29, logo após a reportagem da Folha Dirigida antecipar no dia anterior que a instituição seria a contratada.

O contrato entre as partes já está assinado e foi divulgado no Diário Oficial da União no dia 31 de dezembro.

Com a confirmação como banca da Polícia Federal, o Cebraspe repete o feito de organizar o concurso PF e o concurso PRF no mesmo ano. 

O que precisa ter para concorrer no próximo concurso PF?
Carreira Requisitos Remuneração 
Agente Nível superior em qualquer + CNH R$12.980,50
Escrivão Nível superior em qualquer + CNH R$12.980,50
Papiloscopista Nível superior em qualquer + CNH R$12.980,50
Delegado Nível superior em Direito, experiência de três anos + CNH R$24.150,74

Com informações do site: Folha Dirigida