terça-feira, 5 de janeiro de 2021

Caixa autoriza último saque do auxílio emergencial para novo grupo; Confira todas as datas


 
Foto: Reprodução
Beneficiários já haviam recebido os dois últimos depósitos em 25 de novembro e 14 de dezembro via aplicativo Caixa Tem.

Nesta segunda-feira, 4, a Caixa Econômica Federal libera novos saques e transferências das últimas parcelas do auxílio emergencial para mais um grupo de beneficiários. Desta vez, nascidos em março, e que não fazem parte do Bolsa Família, poderão movimentar amplamente os recursos.

Para esta rodada, os beneficiários já haviam recebido os dois últimos depósitos em 25 de novembro e 14 de dezembro (ciclos 5 e 6) via aplicativo Caixa Tem. Contudo, a utilização do dinheiro era restrita ao formato digital para pagamento de boletos, contas básicas e utilização para compras com o cartão de débito virtual.

De acordo com a Caixa, as quantias creditadas via conta poupança social digital não movimentadas serão devolvidas à União. O prazo é de 90 dias, no caso do auxílio emergencial, e de 270 dias em se tratando da extensão do programa.
Já em relação ao público que faz parte do Bolsa Família, a validade das parcelas é de até 270 dias.

Calendário de saques auxílio emergencial
Veja a seguir todas as datas de liberação para saques e transferências do benefício, que pode ser resgatado em casas lotéricas, agências bancárias ou por meio de correspondentes Caixa AQUI.

4 de janeiro – nascidos em março;
6 de janeiro – nascidos em abril;
11 de janeiro – nascidos em maio;
13 de janeiro – nascidos em junho;
15 de janeiro – nascidos em julho;
18 de janeiro – nascidos em agosto;
20 de janeiro – nascidos em setembro;
22 de janeiro – nascidos em outubro;
25 de janeiro – nascidos em novembro; e
27 de janeiro – nascidos em dezembro.

Apesar do encerramento das atividades relacionadas ao auxílio, a Caixa informou que as contas digitais abertas para os repasses do dinheiro serão mantidas, sobretudo quando considerada a importância da plataforma no “processo de bancarização para o Brasil”.

Auxílio emergencial chega ao fim
Mesmo a pandemia sem uma data para terminar, o auxílio emergencial, que começou em abril de 2020 e já beneficiou 67,9 milhões de pessoas, entre trabalhadores informais e população de baixa renda, chega ao fim ainda este mês.

A notícia é uma das grandes preocupações para os próximos meses, principalmente no setor econômico. Como forma de aliviar os impactos negativos, o governou iria inicialmente lançar um novo programa que englobaria outros benefícios sociais.

No entanto, as tratativas relacionadas ao novo formato de distribuição de renda para as famílias mais vulneráveis acabou não saindo do papel.

Com o argumento de que não foram encontrados meios de financiar a ajuda, uma possibilidade apresentada pelo governo envolve a ampliação no valor e número de pessoas assistidas pelo Bolsa Família. A medida, no entanto, ainda não recebeu uma data oficial para início.

Com informações do site: Edital Concurso, Renato Soares