terça-feira, 5 de janeiro de 2021

Bolsonaro afirma que Brasil está quebrado e que não consegue fazer nada


 

Nesta terça-feira (05), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) falou sobre a situação do Brasil com seus apoiadores, em frente ao Palácio da Alvorada. O presidente afirmou que o país está quebrado e que não consegue fazer nada.

Bolsonaro falou ainda sobre estudo para mudar a tabela de imposto de renda mas não deu detalhes. Ele também culpou a imprensa por “potencializar” a gravidade da pandemia do novo coronavírus que assola todo o mundo. “O Brasil está quebrado, chefe. Eu não consigo fazer nada. Eu queria mexer na tabela de imposto de renda. Tem esse vírus potencializado por essa mídia que nós temos aí. Essa mídia sem caráter que nós temos. É um trabalho incessante de tentar desgastar para retirar a gente daqui para voltar alguém para atender os interesses escusos da mídia”, disse ele.

“Vão ter que me aguentar até final de 2022, pode ter certeza”, continuou Bolsonaro. A conversa aconteceu antes do presidente se dirigir ao seu expediente no local e o vídeo do momento foi compartilhado em canal de seu apoiador.

Uma apoiadora que estava no local pediu um abraço do presidente, que respondeu: “Não tem medo do vírus, não?”. “A gente não tem medo da pandemia”, respondeu a apoiadora.

Essa terça-feira (05) marcou o primeiro dia de agenda pública de Bolsonaro em 2021. O presidente teve uma semana de férias no litoral de São Paulo, onde passou o Ano Novo, e voltou para Brasília segunda-feira (04).

Hoje, teve reuniões com os ministros das Comunicações (Fábio Faria), da Defesa (Fernando Azevedo e Silva), da Casa Civil (Braga Netto) e o interino da Secretária-geral da Presidência (Pedro Cesar Nunes Ferreira Marques de Sousa) durante a manhã. À tarde, tinha reunião marcada com Pedro Guimarães, presidente da Caixa.

Com informações do site: Notícias Concursos, Natália Marinho