terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Bolsa Família agora no aplicativo Caixa TEM: Confira quando receberá o pagamento na poupança digital.


 
Foto: Reprodução
Neste ano de 2021, a equipe do governo de Jair Bolsonaro quer resolver os impasses para a definição do teto dos gastos públicos.

Dentro disso, o Ministério da Cidadania pretende reformular o programa Bolsa Família, o plano de ação já foi elaborado e tem como objetivo incluir novos segurados e benefícios.

A minuta de reformulação do programa foi considerada após a retirada da implantação de um novo programa para substituir o que estava em vigor.

Novo Bolsa Família

O novo programa deverá funcionar junto à folha de pagamento deste ano, com valor de R$ 34,8 bilhões.

O presidente Bolsonaro quer inserir novos brasileiros que estão na pobreza.

Além disso, serão criadas 3 bolsas por mérito: escola, esportes e ciência, para que você possa premiar os alunos do programa por causa de seu desempenho nessas áreas. Os ministérios da Educação, ciência e tecnologia participaram dessas negociações.

No primeiro ano, cerca de 10.000 alunos devem receber a bolsa por mérito esportivo e outros 10.000 em iniciação científica.

O aluno receberá cerca de R$ 100 mensais e a família receberá uma única parcela no valor de R$ 1.000, totalizando cerca de R$ 2.200 no período de um ano. A previsão é que as bolsas custem ao governo cerca de R$ 50 milhões.

O novo projeto deverá incluir cerca de 14,5 milhões de famílias, e o número de beneficiários seria de 200 mil. O texto está sendo analisado pelos ministérios e precisa da aprovação do presidente. 

Se isso não acontecer, a proposta será arquivada, o governo terá espaço para incluir cerca de 700 mil famílias no formato anual do programa com os mesmos recursos.

Teto de Gastos

O novo programa tem algumas dificuldades de implementação, o que está de acordo com o quadro do mesmo orçamento público.

Até o momento, o Congresso Nacional ainda não aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que determina o teto de gastos do governo nos próximos 12 meses. 

No entanto, sem certeza da folha de pagamento, a equipe de Bolsonaro não quer fazer novos ajustes que possam travar a execução e manutenção do programa.

Valor do benefício

O projeto visa aumentar o valor do benefício concedido ao segurado, o valor passou de R$ 190 para R$ 200.

O governo pretende aumentar a participação, argumentando que novos benefícios poderiam ser criados dentro do programa se aprovados.

Bolsa de Família

O Bolsa Família foi criado para retirar as famílias da pobreza e da pobreza extrema no país. Mas para continuar se matriculando é preciso seguir algumas regras.

O programa foi criado em 2003 pelo ex-presidente Lula, após a combinação de outros benefícios para compor o programa.

A ideia era realizar a transferência direta de renda que beneficiasse famílias em situação de pobreza e extrema pobreza no país. 

Como se cadastrar no Bolsa Família?

Os interessados em se cadastrar no Programa Bolsa Família, devem se cadastrar no Cadastro Único para o Programa Social do Governo Federal, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) ou na gestão municipal do bolsa família.

Apesar disso, as famílias precisam seguir algumas regras para receber o benefício. 

As famílias devem atualizar seu cadastro a cada 2 anos, ou sempre que houver alguma mudança em suas famílias, como o nascimento de mais um membro.

Com informações do site: Rede Brasil News