domingo, 6 de dezembro de 2020

Concurso IBGE: mais de 200 mil vagas estão confirmadas em 3 editais


 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) prepara a abertura de novos concursos para o ano de 2021, sendo três editais para a realização do Censo Demográfico 2021. Segundo o órgão, as seleções são para preenchimento em caráter temporário, como já acontece nos últimos editais divulgados pelo Instituto.

O grande certame será realizado para o Censo 2021. O primeiro edital contará com mais de 208 mil vagas temporárias. A seleção, inclusive, já consta no Projeto da Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2021.

No caso da abertura do concurso do Censo, a seleção vai ser retomada, uma vez que no início de 2020, o IBGE chegou a liberar o edital, mas teve que suspendê-lo por conta da pandemia da Covid-19. A organização era do Cebraspe.

De acordo com o IBGE, para o próximo concurso, o quantitativo de vagas não deve mudar, permanecendo o mesmo no próximo ano.

“O que mudou foi a data de realização do Censo. O quantitativo de vagas deve permanecer o mesmo. Todos os processos seletivos previstos para a operação serão realizados no ano do Censo”, confirmou o órgão. A retomada do concurso aberto deve contar com 208.695 vagas temporárias, distribuídas da seguinte maneira:

Agente Censitário Municipal: 5.462 vagas – Nível Médio – Salário de R$2.100 + R$ 458,00 de auxílio-alimentação, totalizando R$2.558;
Agente Censitário Supervisor: 22.676 vagas – Nível Médio – Salário de R$1.700 + R$ 458,00 de auxílio-alimentação, totalizando R$2.158;
Recenseador: 180.557 vagas – Nível Fundamental – Salário de R$1.278,94* (Previsão média para a remuneração por produção).

Mais dois editais devem ser divulgados
Além do grande edital para mais de 208 mil vagas, o IBGE ainda deverá abrir mais dois editais para o ano de 2021. As duas seleções visam o trabalho para o Censo Demográfico 2021.

Os editais têm previsão de 312 vagas. O primeiro deles, inclusive, já conta com autorização do Ministério da Economia e contará com 192 vagas para agente censitário de pesquisa por telefone – nível médio (180 vagas) e supervisor censitário de pesquisa e codificação – nível superior (12 vagas).


 
Por fim, o último edital vai contar com vagas para o cargo de Codificador – Nível Médio. Essa seleção ainda precisa ser autorizada oficialmente por parte do Ministério da Economia. São 120 vagas previstas neste edital.

Ao site Folha Dirigida, algumas fontes revelaram que o processo de escolha da banca organizadora já foi iniciado. Veja a programação de contratações dos aprovados.

Primeiro edital com 192 vagas: contratação prevista para julho de 2021
Segundo edital com 120 vagas: contratação prevista para fevereiro de 2022
Provas concurso IBGE
As provas objetivas serão realizadas, simultaneamente, em 4.612 municípios, no caso dos agentes, e em 5.569 municípios para o recenseador. Os exames ocorrerão nos 26 estados, além do Distrito Federal. As perguntas serão sobre:

Veja a distribuição das questões das provas:

Agentes – 60 questões: Língua Portuguesa (10); Raciocínio Lógico Quantitativo (10); Ética no Serviço Público (05); Noções de Administração/Situações Gerenciais (15); e Conhecimentos técnicos (20).

Recenseador – 50 questões: Língua Portuguesa (10); Ética no Serviço Público (05); Matemática (10); e Conhecimentos técnicos (25).

Com informações do site: NotíciasConcursos, Saulo Moreira