domingo, 15 de novembro de 2020

Concurso PRF: "mesmo que edital atrase, provas mantidas no primeiro semestre", confirma diretor


 
Mesmo com a possibilidade de atraso na publicação do edital do aguardado   concurso PRF (Polícia Rodoviária Federal), a aplicação das provas deve mesmo ocorrer no primeiro semestre de 2021. A confirmação é do diretor-executivo da PRF, José Lopes Hott Junior, em resposta a candidatos em suas redes sociais. A intenção ainda é publicar o edital até dezembro, com aplicação das provas objetivas em abril. Porém, como a autorização oficial ainda não foi publicada em diário oficial, o cronograma pode sofrer alterações. Neste caso, segundo ele, mesmo que o edital seja liberado no início de 2021, a tendência é manter a aplicação das provas até junho.

O concurso contará com uma oferta de 2000 vagas para a carreira de policial rodoviário. Para ingressar  é necessário possuir nível superior em qualquer área de formação, além de carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A remuneração inicial do cargo é de R$ 10.357,88, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458,00.   

A intenção inicial era que a portaria autorizativa fosse publicada até o final de outubro, para que o contrato com a banca fosse assinado até 30 de novembro, com publicação do edital de abertura de inscrições até 30 de dezembro. 

Concurso PRF e a reforma administrativa
Em 3 de setembro, em sua live semanal, junto com o ministro da segurança pública, André Medonça, o presidente Jair Bolsonaro garantiu que, mesmo com a reforma administrativa, a estabilidade do órgão deverá ser mantida, por se tratar de carreira típica do Estado.


De acordo com a reforma, após aprovação no concurso PRF, os aprovados serão submetidos a um período de experiência. Para as carreiras de Estado, este prazo será de dois anos e após três anos os servidores contarão com estabilidade garantida. Para as outras funções, o prazo será de um ano, mas os aprovados não contarão com garantia de estabilidade.

Concurso PRF: último edital
O último edital do concurso PRF para policial rodoviário federal, realizado em 2018, contou com uma oferta de 500 vagas, sendo organizado pelo Cespe/UNB, atual Cebraspe. A seleção contou com provas objetivas, dissertativas, exames de capacidade física, exames de saúde, avaliação psicológica análise de títulos, investigação social e curso de formação.

A parte objetiva contou com 120 itens, versando sobre língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático, informática, noções de física, ética no serviço público, geopolítica brasileira, legislação de trânsito, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional, noções de direito penal e processual penal, legislação especial e direitos humanos e cidadania.


O concurso PRF foi dividido em duas fases, sendo que a primeira foi dividida em várias etapas:

1ª fase: Prova objetiva e Discursiva; Exame de capacidade física; Avaliação de Saúde
Avaliação psicológica; Avaliação de títulos; Investigação Social;
2ª fase: Curso de Formação Profissional.
   

+ Resumo do Concurso PRF
PRF - Polícia Rodoviária Federal
Vagas: 2772
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: policial rodoviário, policia rodoviaria federal
Áreas de Atuação: Segurança Pública
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 4022,00 Até R$ 9931,00
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Preparação
Curso PRF
Curso PRF
Curso ILIMITADO
Apostila Diversos Cargos
Simulado
Provas
Aulas Grátis

Com informações do site: jccconcursos