terça-feira, 15 de setembro de 2020

Nubank e PayPal fecham parceria para compras no débito em lojas online, confira aqui! |EmpregabilidadeBrasil..com



Nubank e PayPal fecham parceria para compras no débito em lojas online, confira aqui! |EmpregabilidadeBrasil..com



Agora os clientes do Nubank podem fazem compras nas lojas online no PayPal usando o cartão com a função débito, e não somente no crédito. A fintech anunciou a parceria com a carteira digital nesta quinta-feira,10.

Para comprar online não é necessário ter o cartão com a função débito em sua versão física, basta gerar um cartão virtual de débito no aplicativo do Nubank. A financeira oferece um cartão de débito virtual pelo app desde junho.

A opção tem numeração exclusiva e pode ser bloqueada, desbloqueada ou mesmo apagada diretamente pelo aplicativo, quantas vezes for necessário, sem nenhum impacto no cartão físico.

Como gerar o cartão virtual Nubank?
Para gerar o cartão virtual da fintech na função débito, basta selecionar o atalho “Cartão Virtual” no aplicativo e digitar a senha de 4 dígitos. Logo após, vão aparecer na tela,  As informações do novo cartão, como número, nome d titular, data de vencimento e código de segurança (CVV).

Como pagar as compras pelo PayPal?
Para pagar por produtos e serviços com cartão de débito na plataforma do PayPal, é necessário abrir uma conta e adicionar os cartões de débito à carteira digital do Paypal. Todo o processo é gratuito.

Daí, na hora do pagamento, é só escolher o cartão de débito cadastrado e pagar, da mesma forma que acontece atualmente com a adição de cartões de crédito. Mais de 350 mil lojistas aceitam PayPal como forma de forma de pagamento.

Parceria com outros bancos
Além do Nubank, o Paypal também fechou parceria com outras seis instituições como o Banco Inter. De acordo com o Head de Pagamentos do PayPal Brasil, Carlos Nomura, “A solução tem o objetivo de incluir no segmento de consumo online 70% dos brasileiros com conta em banco que possuem cartões com função de débito.”

O executivo ainda concluiu que “esta é uma iniciativa que reforça a nossa missão como empresa de pagamentos eletrônicos: democratização dos serviços financeiros, facilidade para o cliente e controle sobre suas finanças”, disse.