terça-feira, 4 de agosto de 2020

Banco Central escolhe cor para nota de R$200 e detalhes da cédula são anunciados, confira aqui! |EmpregabilidadeBrasil..com



Banco Central escolhe cor para nota de R$200 e detalhes da cédula são anunciados, confira aqui! |EmpregabilidadeBrasil..com


Nota de R$200 será a sétima opção de cédulas para os brasileiros; veja alguns detalhes.


Na última semana, foi anunciada a criação da nota de R$200. Em fase de conclusão, a nova cédula nacional deve começar a circular pelo país ainda neste mês. Seguindo orientações do Banco Central (BC), a nota deve ser na cor cinza, e trará alguns detalhes na cor marrom, caso o modelo teste seja aprovado.

De acordo com informações da assessoria de comunicação da Casa da Moeda, responsável pela emissão do real, as opções de moeda que foram apresentadas estão em reta final nos testes. Ao que tudo indica, no fim de agosto, o novo modelo já estará circulando no Brasil.

Na primeira bateria de testes, a Casa da Moeda produz o fundo das cédulas, sem apresentar textura. Nas duas etapa seguintes, ocorre a chamada calcografia, onde as imagens são gravadas em alto relevo, seguindo posteriormente para a impressão dos itens de segurança que são cruciais para impedir a falsificação do dinheiro.


O animal escolhido para figurar na nota de R$ 200 foi o lobo-guará, que em uma consulta feita pelo Banco Central em 2001, venceu a enquete.

Nas redes sociais, os internautas repercutiram bastante a escolha do animal, e “apresentaram” outras opções em tom de brincadeira, entre eles o cachorro “Caramelo”, bastante conhecido na web.

Fatores para nova cédula
De acordo com a Casa da Moeda dois pontos foram determinantes para que a nota de R$ 200 fosse lançada, bem como o impulsionamento na produção de mais cédulas.


“Muitas pessoas por medo e principalmente aquelas debancarizadas começaram a guardar dinheiro e diminuiu a circulação. Por outro lado, o auxílio emergencial injetou muitos recursos para esse mesmo público que guarda o dinheiro e faz seus pagamentos em dinheiro”, diz a assessoria de comunicação da Casa da Moeda.