sexta-feira, 31 de julho de 2020

Teve o Bolsa Família Bloqueado? saiba como resolver, acesse e confira, confira aqui! |EmpregabilidadeBrasil..com



Teve o Bolsa Família Bloqueado? saiba como resolver, acesse e confira, confira aqui! |EmpregabilidadeBrasil..com

São milhões de brasileiros e brasileiras dependendo hoje em dia do principal programa de renda fixa do país. Mas e quem teve o Bolsa Família bloqueado? O que deve fazer? Essa é uma dúvida cada vez mais frequente já que muitas pessoas estão nessa situação.

Por isso é importante entender os motivos dessa ação para que você saiba como converter. E é justamente nesse momento que vamos trazer algumas das principais informações divulgadas sobre isso até agora.

Entenda e saiba como você poderá desbloquear e mudar a sua situação como beneficiário. Repasse a informação para familiares e amigos que podem também estar com o programa inutilizável neste momento.

Bolsa Família Bloqueado pelo Ministério


Primeiramente, você sabia que muitos tiveram o Bolsa Família bloqueado pelo Ministério da Cidadania? De acordo com as reclamações de muitas pessoas nas rede sociais, essas ações estão acontecendo em todas as regiões do país.

O programa que funciona desde 2004 atende hoje em dia 14 milhões de famílias em situação de baixa renda ou pobreza em todo o Brasil. E desde o início existem diferentes avaliações (do cadastro até o pagamento das parcelas) para evitar fraudes e pagamentos indevidos.

O pagamento do Bolsa Família para os aprovados acontece mensalmente. Acontece que agora algumas contas estão sendo bloqueadas para famílias que estão em situação de vulnerabilidade social e econômica.

Motivos para bloquear Bolsa Família

Mas e quais são os motivos para bloquear o Bolsa Família? É necessário que o sistema sempre verifique que os cidadãos estão enquadrados nos pré-requisitos e nos regulamentos do programa.


Ou seja, quando vamos explicar porque o Bolsa Família foi bloqueado podemos encontrar vários motivos. Entre os principais estão:

Algum tipo de irregularidade no cadastro (informações erradas ou falsas);
Famílias com renda acima do determinado pelo regulamento do programa: renda mensal por pessoa de até R$ 178;
Pessoas que descumprem as condicionalidades: por exemplo, é necessário que os estudantes menores de idade tenham frequência escolar de no mínimo 75%; em relação à saúde, as gestantes devem estar com exames em dia bem como as crianças com a vacinação atualizada;
Dados cadastrais desatualizados: é necessário a cada dois anos realizar o recadastramento;
Pessoas que não informam mudanças na configuração familiar em geral: detalhes como o nascimento de novas crianças, mudança de endereço, começar um novo emprego, entre outros.

Como desbloquear Bolsa Família


Por fim, como posso desbloquear o Bolsa Família? Em algumas situações mais graves, é necessário ir diretamente na entidade responsável pelo programa na sua região. Mas algumas dicas podem facilitar.

A primeira delas é manter o cadastro do Bolsa Família atualizado. Ou seja, em QUALQUER mudança você deve informar o sistema. Caso alguém da sua unidade familiar comece um novo emprego, tenha uma criança nova na família, mudança de endereço e tudo isso.

Esse pode ser um motivo para estar bloqueado. Outro é quem não saca as mensalidades do programa no prazo de 90 dias. Nesse caso específico, havia o bloqueio automático. Nesse momento, porém, por conta do coronavírus será possível fazer o saque de parcelas antigas.


Finalmente, também é importante lembrar que uma medida do Governo Federal não está fazendo atendimentos presenciais neste momento. Isso quer dizer que não é possível rever cadastros do Bolsa Família, mas também não é possível acontecer nenhum bloqueio nesse período.