sexta-feira, 31 de julho de 2020

Auxílio Emergencial: Caixa paga benefício a quase 6 milhões de brasileiros nesta sexta-feira (31), confira aqui! |EmpregabilidadeBrasil..com



Auxílio Emergencial: Caixa paga benefício a quase 6 milhões de brasileiros nesta sexta-feira (31), confira aqui! |EmpregabilidadeBrasil..com


Calendário de brasileiros que integram o Bolsa Família e recebem a quarta parcela será encerrado hoje.


O último dia do mês de julho será movimentado nos pagamentos do Auxílio Emergencial realizado pela Caixa Econômica Federal (CEF). Nesta sexta-feira (31), o banco estatal pagará o montante de R$ 600 para 5,7 milhões de pessoas, contemplando assim brasileiros cadastrados no Bolsa Família, e os inscritos no programa via site, aplicativo e pelo Cadastro Único.



Com prioridade nos pagamentos, o grupo que integra o Bolsa Família terá o calendário da quarta parcela se encerrando hoje. O cronograma para estas pessoas, foi iniciado no dia 20 de julho, se baseando no dígito final do NIS (Número de Identificação Social). A próxima parcela para eles, já teve data fixada pelo presidente da Caixa nesta semana, e terá início no dia 18 de agosto.

Quem recebe hoje (31)?
1,9 milhão de beneficiários do Bolsa Família, com número NIS final 10, recebem a quarta parcela



3,8 milhões de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em abril, recebem a próxima parcela:

– aprovados no primeiro lote recebem a quarta parcela;

– aprovados no segundo lote recebem a terceira parcela;

– aprovados no terceiro e quarto lotes recebem a segunda; e

– novos aprovados vão receber o primeiro pagamento



Demais beneficiários
Para os outros integrantes do Auxílio Emergencial, a Caixa Econômica Federal segue depositando o dinheiro na poupança digital, onde o beneficiário pode realizar pagamentos e compras utilizando o cartão virtual através aplicativo Caixa Tem. 

O início dos pagamentos da quarta parcela para os aprovados em abril foi iniciado no dia 22 de julho e se estenderá até o final de agosto. Já o calendário para saques e transferências para este grupo segue diferenciado, mas também já foi iniciado.



Mais de 65 milhões de pessoas integram o Auxílio Emergencial, que representará um gasto aos cofres do país de mais de R$ 255 bilhões.