terça-feira, 23 de junho de 2020

Bolsa Família garante pagamentos do auxílio – vai sair calendário da 3ª, 4ª e 5ª parcela?, confira aqui! |EmpregabilidadeBrasil..com



Bolsa Família garante pagamentos do auxílio – vai sair calendário da 3ª, 4ª e 5ª parcela?, confira aqui! |EmpregabilidadeBrasil..com
Bolsa Família garante pagamentos do auxílio - vai sair calendário da 3ª, 4ª e 5ª parcela?

Bolsa Família garante pagamentos do auxílio – vai sair calendário da 3ª, 4ª e 5ª parcela?

Enquanto milhões de beneficiários aguardam a divulgação do calendário completo de pagamentos da terceira parcela do Auxílio Emergencial, a Caixa Econômica Federal, banco responsável pelos pagamentos, continua liberando dinheiro para os inscritos do Bolsa Família.

Isso acontece porque o pagamento do Auxílio Emergencial para as famílias do Bolsa Família segue o calendário recorrente do programa. Em caso de criação da 4ª e 5ª parcela, que ainda segue indefinido, o cronograma de liberação do auxílio deverá ser o mesmo para este grupo.

Calendário do Bolsa Família está definido de acordo com o NIS
Agrupados pelo último dígito do Número de Identificação Social (NIS), no caso dos inscritos no Bolsa Família, os pagamentos da terceira parcela do Auxílio Emergencial começaram na última quarta-feira (17/06) e vão até o fim do mês, na terça-feira (30/06).


Portanto, ainda referente a 3ª parcela do Auxílio Emergencial, cerca de 1,9 milhão de inscritos do Bolsa Família com NIS final 4 recebem o benefício nesta segunda-feira (22/06).

Onde receber?
A quantia de R$ 600 ou, no caso de mães de família, de R$ 1.200, poderá ser recebida da mesma forma que o benefício regular, ou seja, nos canais de autoatendimento, nas unidades lotéricas, nos correspondentes Caixa Aqui ou por crédito na conta Caixa Fácil, utilizando o cartão antigo do Bolsa Família .

Quem recebe o auxílio por ser beneficiário do programa social não precisa esperar por um segundo calendário para sacar o dinheiro, já que o saque é imediato.

A partir do dia da liberação, já é possível movimentar o dinheiro, seja por meio de transferências ou mesmo dinheiro em espécie.

Confira o calendário da 3ª parcela para inscritos no Bolsa Família

Segunda-feira (22/06) – quem tem último digito do NIS igual a 4;
Terça-feira (23/06) – quem tem último digito do NIS igual a 5;
Quarta-feira (24/06) –  quem tem último digito do NIS igual a 6;
Quinta-feira (25/06) – quem tem último digito do NIS igual a 7;
Sexta-feira (26/06) – quem tem último digito do NIS igual a 8;
Segunda-feira (29/06) – quem tem último digito do NIS igual a 9;
Terça-feira (30/06) – quem tem último digito do NIS igual a 0.



Novos calendários

Por enquanto, a terceira parcela do auxílio é exclusividade de quem faz parte do Bolsa Família. O governo ainda não definiu os novos calendários de depósitos e saques, e o atraso já faz brasileiros sentirem a necessidade do dinheiro.

Não há sequer uma explicação sobre o que motiva o atraso por parte do Ministério da Cidadania , da Dataprev e da própria Caixa, quem paga o auxílio.

Vai ter prorrogação do Auxílio Emergencial?

Além de não informar o calendário da terceira parcela – já atrasada – o governo também não oficializou até esta segunda-feira a ampliação do número de parcelas do auxílio.

A intenção, confirmada em reunião ministerial, é de criar quarta e quinta parcelas, mas reduzir o valor delas de R$ 600 para R$ 300.

Parte do Congresso, sobretudo a oposição a Jair Bolsonaro, é contra o corte pela metade e defende mais três parcelas de R$ 600. Em tom de provocação, o presidente já  sugeriu cortar o salário de quem defende manter o valor de R$ 600, citando o alto custo do programa emergencial.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ),  defendeu em rede social neste fim de semana que o valor não seja cortado e que o governo confirme, portanto, mais três parcelas de R$ 600.