terça-feira, 30 de junho de 2020

Auxílio Emergencial: Caixa informa datas e hora de pagamento em conta, confira aqui! |EmpregabilidadeBrasil..com



Auxílio Emergencial: Caixa informa datas e hora de pagamento em conta, confira aqui! |EmpregabilidadeBrasil..com
A Caixa Econômica Federal informou que os benefícios são disponibilizados como crédito em conta nas primeiras horas do dia de pagamento. - Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil


Muita gente ainda tem dúvida sobre quando vai receber o auxílio emergencial e a que horas o benefício entra. Veja quem recebe em cada data do calendário

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, apresentou os calendários da primeira, segunda e terceira parcelas do auxílio emergencial de R$ 600, que começaram a ser pagas no último sábado (27).

Questionada sobre a hora que o valor do auxílio emergencial é creditado na conta digital dos beneficiários, a Caixa Econômica Federal informou que os benefícios são disponibilizados como crédito em conta nas primeiras horas do dia de pagamento.

CALENDÁRIOS
Crédito em poupança digital
3º parcela aprovados no app/site
Calendário regular
1º lote
Quem recebeu a 1º parcela até o dia 30 de abril e não faz parte do Bolsa Família vai receber a 3º parcela de acordo com o seguinte calendário. O crédito cai na conta da poupança digital nas primeiras horas do dia correspondente ao mês de aniversário do beneficiário:

30 de junho - 5,2 milhões - nascidos em março e abril
1º de junho - 5,2 milhões - nascidos em maio e junho
2 de julho - 5,1 milhões - nascidos em julho e agosto
3 de julho - 5,2 milhões - nascidos em setembro e outubro
4 de julho - 5,0 milhões - nascidos em novembro e dezembro


2º parcela para inscritos no app/site
2º lote
Os pagamentos serão feitos para quem recebeu a 1º parcela entre os dias 16 e 29 de maio e não faz parte do Bolsa Família. O crédito cai na conta da poupança digital nas primeiras horas do dia correspondente ao mês de aniversário do beneficiário:

30 de junho - 1,5 milhões - nascidos em março e abril
1º de julho - 1,5 milhões - nascidos em maio e junho
2 de julho - 1,5 milhões - nascidos em julho e agosto
3 de julho - 1,4 milhões - nascidos em setembro e outubro
4 de julho - 1,4 milhões - nascidos em novembro e dezembro

1º parcela para inscritos no app/site
O pagamento da 1º parcela do auxílio emergencial começa a ser feito para um novo lote de beneficiários aprovados pelo Dataprev. O crédito cai na conta da poupança digital nas primeiras horas do dia correspondente ao mês de aniversário do beneficiário:


30 de junho - 0,2 milhões - nascidos em março e abril
1º de julho - 0,2 milhões - nascidos em maio e junho
2 de julho - 0,2 milhões - nascidos em julho e agosto
3 de julho - 0,2 milhões - nascidos em setembro e outubro
4 de julho - 0,1 milhões - nascidos em novembro e dezembro

Resumo dos calendários
Nas primeiras horas de cada dia, recebem o auxílio emergencial em conta da poupança digital da Caixa Econômica Federal:

Quem se cadastrou e recebeu a 1º até 30 de abril - 3º parcela - 1º lote
Quem se cadastrou e recebeu a 1º parcela entre os dias 16 e 29 de maio - 2º parcela - 2º lote
Quem foi aprovado recentemente e ainda não recebeu nada - 1º parcela - 4º lote


30 de junho - 6,9 milhões - nascidos em março e abril
1º de julho - 6,9 milhões - nascidos em maio e junho
2 de julho - 6,8 milhões - nascidos em julho e agosto

3 de julho - 6,8 milhões - nascidos em setembro e outubro
4 de julho - 6,5 milhões - nascidos em novembro e dezembro

CALENDÁRIOS DE SAQUE
A Caixa Econômica Federal divulgou os calendários de saque para os beneficiários do Bolsa Família que estão recebendo a 3º parcela (saques já em curso, até o dia 30 de junho) e para os que receberam a primeira parcela em junho, até o dia 17.

Saque da 3º parcela para Bolsa Família
NIS terminado em 0 - 30 de junho

Saque da 1º parcela para inscritos no app
3º lote
A Caixa Econômica Federal terminou, na quarta-feira (17), o pagamento do 3º lote da primeira parcela do auxílio emergencial do Governo Federal para cerca de 4,9 milhões de beneficiários, aprovados recentemente, que receberam R$ 3,2 bilhões.

Os beneficiários que receberam durante esse período e optarem por sacar o benefício em espécie deverão seguir o calendário escalonado por mês de aniversário. Nas datas indicadas, eventual saldo existente será transferido automaticamente para a conta que o beneficiário indicou, sendo poupança da CAIXA ou conta em outro banco.

Os beneficiários podem consultar se o cadastro foi aprovado pelos canais oficiais da CAIXA: site auxilio.caixa.gov.br e aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial.


06/07 - 0,4 milhões (nascidos em janeiro)
07/07 - 0,4 milhões - (nascidos em fevereiro)
08/07 - 0,4 milhões - (nascidos em março)
09/07 - 0,4 milhões - (nascidos em abril)
10/07 - 0,4 milhões - (nascidos em maio)
11/07 - 0,4 milhões - (nascidos em junho)
13/07 - 0,4 milhões - (nascidos em julho)
14/07 - 0,4 milhões - (nascidos em agosto)
15/07 - 0,4 milhões - (nascidos em setembro)
16/07 - 0,4 milhões - (nascidos em outubro)
17/07 - 0,4 milhões - (nascidos em novembro)
18/07 - 0,5 milhões - (nascidos em dezembro)

Saques para inscritos no app/site que vão receber agora em junho/julho
Em cada dia, podem sacar:

Quem se cadastrou e recebeu a 1º até 30 de abril - 3º parcela - 1º lote
Quem se cadastrou e recebeu a 1º parcela entre os dias 16 e 29 de maio - 2º parcela - 2º lote
Quem foi aprovado recentemente e ainda não recebeu nada - 1º parcela - 4º lote


18 de julho - 3,4 milhões - nascidos em janeiro
25 de julho - 3,1 milhões - nascidos em fevereiro
1º de agosto - 3,5 milhões - nascidos em março

8 de agosto - 3,4 milhões - nascidos em abril
15 de agosto - 3,5 milhões - nascidos em maio
29 de agosto - 3,4 milhões - nascidos em junho
1º de setembro - 3,4 milhões - nascidos em julho
8 de setembro - 3,4 milhões - nascidos em agosto
10 de setembro - 3,4 milhões - nascidos em setembro
12 de setembro - 3,4 milhões - nascidos em outubro
15 de setembro - 3,4 milhões - nascidos em novembro
198 de setembro - 3,4 milhões - nascidos em dezembro
Prorrogação
Durante live semanal nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro informou que o auxílio emergencial vai pagar um adicional de R$ 1,2 mil. O valor será dividido em três parcelas. "Vamos partir para uma adequação. Deve ser, estamos estudando, R$ 500, R$ 400 e R$ 300", afirmou o presidente, que estava ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes.

O auxílio é destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados, como forma de fornecer proteção emergencial no enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).


fonte: tvjornal